Now Reading
É culpa do Mercúrio Retrógrado!

É culpa do Mercúrio Retrógrado!

antique broken cell phone communication
Tempo de Leitura: 6 minutos

E vamos nós a mais uma temporada de Mercúrio Retrógrado… Você sabe como fazer para sobreviver a esse “caos” astrológico?

Vamos no passo-a-passo para trazer uma nova forma de enxergar esse evento astrológico e sobreviver a esse fenômeno astral!

Primeiro, vamos deixar de culpar o mensageiro dos deuses porque ele vai seguir na sua órbita normal em volta do Sol enquanto você vai seguir tendo problemas e reclamando.

Lembre-se:

  1. Todas as vezes que você APONTA culpando algo, 3 dedinhos estão voltados para você.
  2. Jim Lews parafraseia Jung dizendo “Cada PLANETA busca sua manifestação“.
  3. Culpar um planeta não faz o menor sentido.

Então bora começar por aí: responsabilize pelas suas próprias questões.

Agora vamos pelo básico…

O que é um planeta retrógrado?

Os planetas não começam a voltar em sua órbita, isso é impossível! O que acontece é um movimento aparente do observador aqui na Terra, uma ilusão de ótica da qual parece que o planeta está fazendo um movimento contrário ao que normalmente se faz. Esse movimento aparente é um fenômeno chamado de movimento retrógrado.

Todos os planetas possuem seu movimento aparente retrógrado em algum momento. A Lua e o Sol nunca ficarão retrógrados por motivos óbvios: a Lua orbita na Terra e o Sol é uma estrela.

Por que só se fala no Mercúrio Retrógrado?

Na verdade, todos os planetas ficam retrógrados por algum momento.

O que acontece é que o Mercúrio é o planeta mais rápido e de órbita mais curta. Enquanto Mercúrio gasta em torno de 88 dias para dar a volta em torno do Sol, a Terra gasta em torno de 365 dias. Então, todas as vezes que o a Terra e Mercúrio se encontram em oposição e o Sol no meio, existe essa ilusão de ótica mostrando que o Mercúrio está voltando ao seu movimento de ““. E isso acaba sendo mais frequênte com Mercúrio pela sua velocidade e tamanho de órbita.

É comum Mercúrio entrar em retrogradação em torno de 3 vezes por ano.

Qual a relação da Retrogradação e a Astrologia?

O Mapa Astral pode ser considerado como o Mapa da sua psique, cada elemento que a compõe (planetas, lumiares, asteróides, pontos, signos) são arquétipos que compõe a sua mente a nível consciente e inconsciente. Portanto, se existe alguma questão interna, na sua psique, que não está bem elaborada, ela vai dar um jeito de manifestar na sua realidade: seja ela através de eventos ou situações que você mesmo cria para enxergar essas questões.

O que acontece, como expliquei neste post, a Astrologia é um estudo constante do ser humano. Logo, temos uma capacidade incrível de encontrar padrões. E, através dos estudos astrológicos, é comum que durante este período de retrogradação de qualquer planeta, conseguimos enxergar que existe uma relação de externalização de questões internas. Geralmente são períodos que vamos precisar de compreender melhor algumas situações do passado, mexer em algumas sombras, encarar alguns complexos e encontrar nosso desenvolvimento.

Como Mercúrio retrograda com maior frequência, já notamos um padrão: sim, meios de comunicação falham, de todos os tipos. “Coincidentemente“, Mercúrio vai falar sobre nossa rotina, meios de comunicação, viagem, saúde.

Mas olha que curioso: se a comunicação falha, é porque não prestamos atenção, nosso mundo interno “pifa”. E é justamente isso que Mercúrio Retrógrado vai nos ensinar, a PENSAR.

Compreendendo o Mercúrio Retrógrado

Informação é tudo que vibra. Nossas sinápses carregam informação. Mercúrio é isso, é o mensageiro. Ele vai carregar informação do cérebro para as mãos, para a boca, para os pés. Ele que vai fazer a comunicação entre seu lado esquerdo e direito do cérebro. Ele vai voltar com a informação que chega dos seus ouvidos, olhos…

Uma viagem nada mais é do que a conexão entre dois pontos, da qual você vai levar informação de um ponto ao outro – nem que essa informação seja em forma de um vírus.

A internet é um veículo de informações. As redes sociais também. Portanto, tudo tem influência de Mercúrio.

Acontece que tudo que carrega informação, parte do homem, portanto, das sinapses – voltamos para o ponto de saída. Mercúrio então, é a representação do nosso sistema nervoso, o nosso cérebro.

Não sei como era o mundo antes, mas com certeza a humanidade era mais conectada com a natureza e seguia os ciclos da natureza. Havia momentos de trabalhar muito, havia momentos de pausa. O nosso corpo é arcaico, por mais que tivemos nossas evoluções físicas, nosso sistema nervoso segue basicamente o mesmo. Mas nosso estilo de vida mudou, nos tornamos seres de base cíclicas em uma rotina linear.

Portanto, chega um momento em que precisamos pausar. Quando não pausamos, o nosso corpo grita, nosso inconsciente gera diversas situações inconvenientes para que isso aconteça.

E pasme, isso acontece no coletivo!

Imagine o Facebook inteiro em uma rotina linear? Quantas pessoas trabalham lá? Pois então, esse tanto de pessoas que mexem programando o algorítimo e fazendo as atualizações diversas vão ter seus neurônios em “curto-circuito”. Vai chegar algum momento que vai ter um lapse de memória, uma falha no processo e isso vai chegar no consumidor. E claro, vai ser culpa do Mercúrio Retrógrado e não das pessoas que vivem em uma rotina linear de alta produtividade.

Eu vivi essa dinâmica quando trabalhei em uma distribuidora eCommerce que trabalhava com o sistema da Amazon. Você não faz ideia do prejuízo causado por 2 dias de pedidos de vendas duplicados e como foi o caos para concertar o duplicado em planilhas de excel. Quando aconteceu isso? Em Mercúrio Retrógrado. Na época eu comentei com uma amiga e virou motivo de “piada-séria” na empresa para sondar quando era a época de Mercúrio Retrógrado. Afinal, a produtividade não podia parar, mas era melhor dar um “double check” durante essa época.

Como sobreviver ao Mercúrio Retrógrado

Como você viu, Mercúrio afeta nosso sistema nervoso. O ideal seria pausar completamente, ter um momento de ócio e descanso. Porém, não é possível tirar férias de 20 (ou mais!) dias três vezes ao ano. Mas é possível tentar coincidir suas férias com uma das épocas de Mercúrio Retrógrado.

Quando estamos descansados, temos mais disposição para pensar em coisas simples, como escolher melhor o que comer, o que falar, para onde ir. Temos calma para fazer as coisas.

Lembrando que se for viajar, é melhor ir em períodos que não possui Mercúrio Retrógrado, especialmente se for vôos longos ou ônibus noturno, por exemplo.

Ainda sim, mesmo as férias, Mercúrio pode achar um jeito de nos lembrar do básico. Para isso, é necessário sair do “piloto automático”.

Se você vai todos os dias de ônibus para a faculdade ou pega o mesmo caminho para o trabalho, saia da rotina de forma planejada. Olhe o caminho a ser feito, planeje para chegar antes, calcule os riscos como possíveis horários e locais de maior trânsito e congestionamento.

See Also
person hand and crescent moon

Se você acorda todos os dias o mesmo horário, toma o mesmo café da manhã, tente fazer algo diferente. Seja mudando o menu, ou saindo mais cedo para tomar café na rua.

Quando você muda a rotina, você precisa pensar nela, estar consciente do que está fazendo e você consegue enxergar mais claramente o mundo à sua volta.

É um excelente momento para iniciar um curso que vai demandar maior introspecção ou começar alguma leitura mais densa. Você ativa seu cérebro a pensar mais e agir menos.

Pratique a meditação! Essa parte é excelente para ajudar na concentração.

Aprenda a ser tolerante com os outros e consigo mesmo. Durante Mercúrio Retrógrado, quanto mais detalhes você prestar atenção, possivelmente vai ser mais dor de cabeça. Faça o seu melhor, aceite que você pode errar às vezes e que nem tudo precisa ser perfeito. Aceite também a imperfeição do outro.

Lembre-se que Mercúrio é regido por Gêmeos e Virgem, dois signos mutáveis! Quando está retrógrado, tendemos a pensar de uma forma, quando volta ao seu movimento direto, mudamos de ideia. Para algumas pessoas, é tranquilo esse processo. Para outras é o terror! Então, aprenda a ser flexível, aceite que mudar de ideia faz parte.

O que você pode fazer é prevenir! Tentar ser o mais consciente de tudo que passa à sua volta, compreender as diversas possibilidades e caminhos com planos A,B e C. Saber que pode haver falhas, pode haver voltas e reviravoltas!

Já vi casos de possíveis términos de namoro durante o período de Mercúrio Retrógrado que fiquei horas lendo e escutando audios e tentando consolar para seguir em diante, para terminar Mercúrio Retrógrado e voltarem. Pode acontecer! Assim como projetos…

Por isso o mais importante é estar consciente desse período e evitar tomadas de decisão que vão impactar “definitivo” na sua vida, como uma saída de emprego, mudança de lugar, assinar contratos…

Fazer lançamentos ou iniciar venda de produtos ou infoprodutos durante Mercúrio Retrógrado pode ser fatal para o negócio. Imagina que você preparou por meses e por falta de atenção ou uma falha na revisão o produto não funciona bem e você começa a receber pedido de devolução? Muito melhor deixar para fazer em uma época que não haverá influências desse tipo.

Tem como saber em qual setor da vida que tende a influenciar mais?

Sim! Basta saber o signo que Mercúrio vai retrogradar e encontrar qual/quais casa(s) astrológicas impactam no seu Mapa Natal. Se quiser saber ainda mais precisamente, veja os graus por onde Mercúrio estará passando e os aspectos que o trânsito fará no seu Mapa Natal.

Possivelmente você terá vários insights sobre a área da sua vida que Mercúrio tende a impactar mais.


Aproveite e se inscreva gratuitamente no O Universo Estrelar News!

Fique por dentro de ofertas, novidades e um resumo das energias do céu mensalmente!

Assinatura recebida!

Verifique seu e-mail e confirme a assinatura do boletim informativo.

Porque todos somos estrelas!

Copyright © 2021 | All rights reserved